domingo, 7 de novembro de 2010

os superiores ignoram. (y)

Tempão que eu não escrevo aqui NE? É que eu passei boa parte do meu tempo pensando no que escrever, e nada vinha na cabeça.Eu também fiquei estudando pra não perder o ano, mesmo sendo difícil recuperar algumas matérias. Enfim , o importante é que eu voltei :). Como amo ler livros ,revistas, e ficar pesquisando texto na net, vi um texto interessante , e que me chamou MUITA a atenção, me fez lembrar de uma pessoa , mas eu prefiro deixar subentendido. Eu até coloquei na descrição do orkut. É tipo assim :
''chamar alguém de feio não te deixa mais bonito. Ficar sem comer não te deixa um palito. Excluir uma pessoa não te torna mais popular, não são as marcas que vão te rotular. Xingar alguém de gordo não te emagrece, dizer que uma pessoa é triste não traz felicidade. Falar que alguém é fraco não te fortalece, dizer que uma pessoa é metida não te traz a humildade. Falar que alguém é insignificante não te engrandece, dizer que uma pessoa é falsa não te leva à verdade. Dinheiro não compra felicidade. Conhecer muita gente não é o mesmo que ter amigos, ser famoso é diferente de ser querido, sexy não é o mesmo que vulgar, atração é diferente de AMAR.''
Ai eu fiquei pensando, puts é super VERDADE. Minimizar as pessoas não faz de você o superior, o super fodão,o melhor. Não são os defeitos dos outros que fazem de você melhor ou pior do que ele. Afinal, ninguém é pior ou melhor que ninguém. Essas pessoas que fingem ser o que não são, que falam pelas costas dos amigos ou inimigos , são dignos de pena . Sério ! Eu procurei entender por que eles fazem isso, e acho que achei a resposta. Na minha opinião eles tem uma baixo estima tão avançada, são tão inseguros, que ficam falando os defeitos dos outros , para se sentir superior. E sinceramente só perdem com isso. Por que vamos combinar, quem vai querer ter um amigo assim ? tsc,tsc. O que se deve fazer é ignorar. como diz Edivaine Paulino , " os fracos se vingam, os fortes perdoam , e os superiores ignoram. " é isso. :)

por :A.T

Nenhum comentário:

Postar um comentário