terça-feira, 19 de outubro de 2010

Hoje,

depois de tantos anos, abri os olhos e percebi que não gosto da maneira como vivemos. Dói a alma saber que existem guerras, fome, pobreza, doença, morte. Esvaziar o meu coração para saber que nós nos esquecemos de onde viemos, estamos matando uns aos outros, mesmo sendo irmãos, que têm entre si e os outros não têm nada, aquele que daria qualquer coisa por um minuto mais de vida ,se matam e matam os outros, que alguns se queixam sobre coisas estúpidas enquanto outros estão perto da morte, mas com um sorriso. Hoje o mundo me fez pensar que atualmente as cirurgias ,cosméticos, razão pela qual a socidedade impõe estereótipos que constituem a "beleza" na venda de revistas, massagens, cabeleireiros e sala de cirurgia e resolveu mudar tudo por causa de repende. É muito triste como um ser humano é conduzido por coisas físicas, pelas aparências, o superficial e falha o mais importante. E você sabe que eu me perguntei hoje?Por que não existe uma pílula ou creme, ou uma massagem para ser uma pessoa melhor do que aprender a perdoar? Porque não há uma lipoaspiração para remover a amargura, orgulho e dor que existe no mundo inteiro? Porque é que não existe um implante da consciência, a compaixão, o perdão? Por que não existe uma cirurgia para mudar tanta infidelidade, por isso muita libertinagem, tanta confusão, por amor? Realmente a tristeza tomou conta de mim para abrir os olhos e ver o que se tornou o nosso mundo. Isso é tão fácil julgar e tão difícil de reconhecer os nossos erros! É tão fácil criticar e falar dos outros e tão difícil de aceitar e amar a nós mesmos. Isso é triste, mas finalmente nós temos que lutar por nossos sonhos sem pagar o que eles nos dizem. Eu sei que você tem uma missão e uma vida diferente da minha, eu sei que você, como eu, quer amor, paz, para preencher uma lacuna que por vezes nos faz parar de lutar, eu sei que você quer que o mundo voltar a fazer sentido!

Um comentário:

  1. Hum, está quase uma filósofa você!

    Mas que bom que você chega a essas conclusões, embora tristes.
    Afinal, existem indivíduos que nascem, crescem e morrem sem nunca terem reflexionado sobre essa situação.
    E o pior, como conseqüência dessa desatenção, nunca fazem nada para mudar, mesmo que apenas mudando a si próprios.

    Depois dá uma olhada no meu blog.

    Beijos!

    ResponderExcluir